Recentemente emergiu o movimento #BrasilSufocado. Os acontecimentos em Manaus parecem ter sido o estopim para tanto. A hashtag impulsionada por Luciano Huck rapidamente foi apropriada (ou será que a melhor forma de se referir a isso é “aproveitada”) para nomear um “movimento suprapartidário”. Via WhatsApp muitas pessoas estão encaminhando uma mensagem de chamado para organização em torno do tema:

Não dá para identificar de onde vieram as postagens originais com a chamada para a participação de forma fácil.

[Nunca é demais falar que o Facebook e o WhatsApp desempenham importante papel na disseminação de desinformação quando apensam apenas o sinal “Encaminhada” numa mensagem dessas. É de uma irresponsabilidade criminosa. Importante seria identificar a pessoa que postou isso pela primeira vez. Mas enfim, isso é assunto para outro post. Quem sabe nos próximos dias.]

De qualquer forma, uma coisa me chamou bastante a atenção: a expressão “movimento suprapartidário”. Como isso me deixou com a pulga atrás da orelha, dei uma olhada no whois do site do movimento, mas não foi possível descobrir muita coisa:

CLIQUE PARA AMPLIAR

Resolvi olhar um pouco mais a fundo e entrei em alguns grupos criados pelo movimento. Perguntei sobre a origem e quem encabeça o movimento.

Praticamente não recebi respostas a esses meus questionamentos. Quando muito, recebi interações como esta, abaixo, nos grupos:

Ou seja: parece ter mais gente querendo saber, mas ninguém informa e as conversas acabam se desviando. A origem do movimento e quem está por trás dele não são informações que temos. A dinâmica de postagem nos grupos é frenética. Muita gente enraivecida com  Bolsonaro postando mensagens de insatisfação e apoio ao impeachment. Só que as pessoas não parecem contestar muito o que aconteceria depois ou menos se importar com quem criou o movimento.

A pergunta que eu fiz em todos os grupos que eu entrei (no WhatsApp e no Telegram) organizados pelo movimento seguiu sem resposta efetiva. Minha preocupação principal é que este movimento compartilha o nome com uma hashtag impulsionada (criada?) por ninguém menos que Luciano Huck que, ao que tudo indica, está arrependido depois de ter declarado voto em Bolsonaro em 2018.

Acho que é plenamente válido e importante que as pessoas se arrependam, mas me assusta de forma grave este fato porque o Luciano Huck tem pretensões políticas.

Nesse sentido, quando apareceu este movimento “Brasil Sufocado”, segui com o objetivo de perguntar quem estava conduzindo a organização.

Nos grupos a mensagem a seguir são ostensivamente divulgadas, veja:

Perguntei em 5 grupos administrados pelo movimento dos quais participo e não recebi respostas efetivas. Por isso, estou preocupado. Torno públicas mensagens que mandei nos grupos. Acho que quanto mais pessoas abrirem os olhos com relação a estes movimentos, melhor.

Eu estou desconfiando cada vez mais. 

Até agora não sabemos quem está por trás deste movimento “Brasil Sufocado”. Pode ser algo tão ruim como Bolsonaro. Pensem que pode ser o Ciro, o Doria ou o Huck…

A gente precisa de uma alternativa viável; um programa; algo coerente.

Apenas ficarmos reclamando e pedindo a cabeça do Bolsonaro não vai nos levar a lugar nenhum.

Por isso contesto essa ideia de elogiar o traidor Ciro ou o péssimo Doria (que se elegeu com o “BolsoDoria”).

O Huck e Moro que se colocam como candidatos são péssimos também. Apoiaram Bolsonaro!!!

Por isso a gente não pode ficar apenas “contra tudo o que está aí”, sabe???

Se a gente ficar aqui apenas com raiva e querendo a saída de Bolsonaro, outro igual a ele (ou pior) ocupará o lugar.

A saída de Bolsonaro é necessária. Mas sem um projeto, com algo consistente, para substituir, não sairemos do lugar.

Apenas fazer gritaria, carreata e panelaço não adianta. Se a gente fizer isso sem olharmos pra frente, um Ciro, um Doria ou um Huck vão ocupar o lugar. Estes são tão ou mais perigosos do que Bolsonaro (porque são tão maldosos quanto, mas não são burros). Por isso precisamos de algo mais consistente!!!

Pensem nisso!

impeachment por impeachment vai dar apenas em desastre!!! Temos que ter algo mais consistente!!!

Além que querer saber quem são os organizadores desse movimento, me preocupa que há uma série de números que não são do Brasil nos grupos. Há nos grupos uma narrativa de que o importante, agora, é tirar Bolsonaro do poder. Aí depois a gente vê. Isso é complicadíssimo pois foi exatamente este tipo de comportamento que nos colocou onde estamos agora.

Há também uma preocupação enorme com essa ideia de que o movimento não está ligado a partidos políticos. O MBL nos mostra bem o caminho que isso tende a tomar. Ou seja: por demais preocupante.

Outra coisa que me chama a atenção é essa necessidade de pegar dados de pessoas (nomes, CPF, e-mail) para assinar um manifesto contra Bolsonaro. Sabendo que a efetividade destes abaixo-assinados é nula, penso que a existência acaba sendo única e exclusivamente a montagem de um mailing para propaganda política direcionada posterior.

Enfim. O movimento parece estar crescendo. Em poucos dias o grupo de Telegram tem quase mil participantes. Os grupos de WhatsApp que entrei somavam mais de mil participantes também.

Outras pessoas parecem ter a mesma preocupação que eu. Fui procurado por pelo menos cinco outros usuários em mensagens privadas onde contestavam as mesmas questões que eu.

Estou postando isso aqui (desculpem a falta de organização) para documentar parte do processo e ver se alguma pessoa que eventualmente cair aqui possa dar mais informações.

UPDATE (19/01)

Os grupos cresceram muito. Novos administradores foram adicionados. Os grupos foram fechados para postagem dos participantes. Apenas administradores podem postar. Há um aviso de uma janela de abertura para as pessoas poderem interagir. As regras fixadas Dao pistas interessantes, veja:

🚨🚨🚨 *REGRAS*

Bom dia, gente, tudo bem? Estamos reorganizando os grupos e iremos abrir hoje das 18h às 21h para trocas. Eu sou a Ju, sou uma das admins novas desse grupo aqui e tô vindo colocar algumas regras:

▪️O objetivo dos grupos é *o impeachment de Bolsonaro*. Estamos aqui para nos organizar, compartilhar e fomentar protestos que surjam nesse sentido. 🔴 *Quem mandar muito spam desviando do assunto será retirado. Quem mandar muito spam de figurinha também* 🔴

▪️Somos um *movimento suprapartidário* de cidadãos indignados com o assassinato de brasileiros por esse governo da morte. Não somos financiados por nenhum grupo, não somos o MBL, não somos o Luciano Huck, não vamos lançar candidato pra 2022 *e nem estamos interessados em discutir 2022 nesse momento porque tem milhares de pessoas morrendo AGORA. FORA BOLSONARO*

▪️*Movimento suprapartidário* = vai ter direita, esquerda, neutros, apartidários, evangélico, ateu, umbandista, jogador de bocha, gente que fala bolacha em vez de biscoito, gente que toma açaí com leite ninho… *só não vai ter bolsominion*. Se você não quer se juntar aos diferentes, sai e organiza um grupo FORA BOLSONARO com seus amigos. 🔴 *Se ficar tretando que tem gente no grupo que pensa diferente de vc, será retirado* 🔴

▪️Por motivos de segurança, *não vamos passar a nossa identidade individual*. Não vai ter foto de agora, não vai ter CPF, não vai ter @ de Tinder. Já estamos recebendo várias ameaças de minions, mesmo com essas precauções. *Se você não concorda com isso, pode ficar à vontade para sair do grupo* (e por favor, monte movimentos FORA BOLSONARO com seus amigos. Não é porque não vai ficar que precisa desistir da luta). 🔴 *Quem for ficar enchendo o saco questionando a nossa identidade será retirado* 🔴.

▪️*Fiquem em um grupo só*. 🔴 Gente em mais de um grupo será retirada das vagas a mais 🔴

▪️Por enquanto, estamos divulgando carreatas e ajudando a direcionar galera pra campanhas online e panelaços. *Manda pra gente tudo que souber*. 🔴 Estamos com planos pra campanhas FORA BOLSONARO específicas também, e iremos lançá-las entre janeiro e fevereiro. *Contamos com a mobilização de todas e todos* 🔴

🗣️🗣️🗣️ *FORA BOLSONARO MILICIANO GENOCIDA SAFADO* 🗣️🗣️🗣️

Quando os grupos foram abertos para a interação ao final da tarde de hoje, um vídeo foi postado pelos moderadores. Muito bem produzido, com narração profissional e tudo o mais. A narrativa do vídeo associa Bolsonaro aos regimes mais autoritários e sanguinolentos da história mundial. Há trechos em que se vê alusões ao regime ditatorial militar pelo qual passamos e os ataques a imprensa são destacados. O video termina com a assinatura do movimento.

Respondi as postagens do vídeo com algumas observações:

Vídeo muito bem produzido. Parabéns.

Foi feito por voluntários? Pergunto porque ficou muito bacana mesmo. 

Parece até… que alguém pagou para fazer. 

Parece que quem fez tem muito conhecimento. Parabéns!

Sendo feito por voluntários, acho que é bacana valorizar o trabalho das pessoas envolvidas e divulgar. Assim esta peça vira uma vitrine para estes profissionais.

Agora, se alguém bancou esta produção, isso é facultativo. Os talentos que fizeram a produção já foram recompensados com o $$

Tendo a concordar com o que foi falado acima, sobre o grupo ser suprapartidário, ao ver este vídeo…

Temos que trabalhar para Bolsonaro não se reeleger e nem que alguém apoiado por ele vença as próximas eleições. Isso é mister.

E, nesse sentido…. vendo este vídeo que poderia muito bem estar no intervalo do JN (novamente meus parabéns a quem fez)… fico cada vez mais reticente em acreditar que este movimento seja suprapartidário…

Acho que para que a esquerda se una de verdade as coisas precisam ser mais transparentes e claras.

Por este motivo fico reticente e desconfiante de MBL, Doria, Ciro e Huck. Eles podem querer a derrubada de Bolsonaro, mas não são esquerda. Pelo contrário. Eles o apoiaram e ajudaram Bolsonaro a se eleger.

Por isso a pulga insiste em continuar atrás da orelha…

Sabe o que também era suprapartidário? Este movimento aqui desta imagem… 👆👆👆

Então, vendo este vídeo super profissional, eu tenho que perguntar se alguém / alguma organização pagou por sua produção, sabe?

Pra evitar que mais gente se transforme em meme como o rapaz acima. E que o país não vá para um buraco ainda mais fundo.

Obviamente a próxima coisa que aconteceu foi eu ser expulso do grupo. Foi interessante. Deu para ver que há uma movimentação intensa em formação e só espero que as pessoas não se deixem enganar desta vez.