O bagulho mais fedido que o Brasil já produziu

Ontem o perfil do Guaraná Antarctica postou o que deveria ser mais uma das infindáveis mensagens engraçadinhas de empresas em plataformas sociais. A postagem chegou em meu feed pela Liliane Ferrari, que, lucidamente, também se opõe a este tipo de postura. A postagem era esta, abaixo.

De mal gosto extremo e falta de tato.

Parece haver uma demanda infinita por piadinhas e postagens que viralizam. Comunicação em plataformas digitais passa longe disso. A ideia de criar conexões deve ir além de fazer piadas 24/7. Fica chato, enfadonho e é muito mais fácil errar a mão, como no caso acima.

Mas sem problemas. Graças às características da própria rede a gente dá um jeito e faz os ajustes necessários.

There, I fixed it:

Acho que ficou melhor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *